Pesados sustentam vendas de caminhões

caminhões pesados

Os modelos de caminhões pesados mantiveram a liderança nas vendas acumuladas de janeiro a agosto deste ano no mercado nacional. Nesses oito meses, foram comercializados 46.444 caminhões, um crescimento de 50,78% sobre igual período do ano passado, quando foram vendidas 30.802 unidades. Desse total, 20.726 veículos são caminhões pesados. 

O modelo mais vendido foi o Scania R 440, com exatas 3.000 unidades emplacadas nos oito primeiros meses do ano. O segundo lugar do ranking ficou com o novo Volvo FH 540 que registrou 2.574 vendas. Outro Volvo, o FH 460, ocupou a terceira colocação na lista dos mais vendidos, com 1.984 veículos emplacados. Na quarta posição, aparece o Volkswagen 24.280, o único semi-pesado entre os cinco modelos mais vendidos no período, com 1.861 unidades comercializadas. O pesado Mercedes-Benz Actros 2651 foi o quinto modelo com maior número de emplacamentos nos primeiros oito meses do ano, com o registro de 1.763 veículos.

A Mercedes-Benz somou o maior volume de vendas totais de caminhões. De janeiro a agosto a montadora comercializou 13.156 caminhões, o que lhe rendeu uma participação de 28,33% do mercado. A Volkswagen foi a segunda colocada, com 11.702 veículos emplacados e um market share de 25,20%, seguida pela Volvo, com 6.541 unidades vendidas, uma fatia de 14,08% do mercado.

O ranking TOP 5 do portal FutureTransport tem por objetivo mostrar quais foram os modelos de caminhões mais procurados pelo mercado, independentemente do segmento e da aplicação de cada veículo, e toma como base o levantamento feito pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta