O novo CEO da JadLog

bruno tortorello

Um ano após o anúncio da associação entre JadLog e GeoPost, José Afonso Davo, um dos fundadores da Jadlog, deixa de exercer funções executivas na empresa e passa a atuar como conselheiro. Em seu lugar assume Bruno Tortorello como novo CEO da JadLog.

Tortorello chega à Jadlog em um cenário positivo já que a empresa registrou crescimento de 20% em 2017, que foi o primeiro ano sob a gestão e controle do grupo GeoPost – uma das maiores redes internacionais de distribuição de encomendas na Europa, através de sua rede DPDgroup. Além disso, a empresa – uma das maiores transportadoras de cargas expressas fracionadas e um dos principais operadores logísticos do comércio eletrônico do País – foca este ano em alavancar ainda mais seu crescimento por meio das operações do e-commerce e do fortalecimento do negócio B2B de pequenas encomendas, com a meta de alcançar o faturamento de R$ 1 bilhão até 2020.

Com mais de 18 anos de experiência na área de logística e distribuição, Bruno Tortorello é graduado em engenharia civil pela Escola Politécnica da USP, com especialização em administração pela FGV e MBA em gestão internacional pela FIA. Foi presidente da Total Express e, anteriormente, liderou áreas comerciais e operacionais do braço logístico do Grupo Abril.

“A JadLog vive um momento de expansão e renovação da marca, e me orgulho de ter tomado decisões estratégicas e investido para que a companhia atingisse o atual patamar de mercado. Passo, agora, o comando a Tortorello, certo de que ele dará sequência a essa trajetória de sucesso”, afirma Afonso Davo, que permanece como acionista e administrador da companhia.

“Estou confiante de que com o apoio da GeoPost e dos novos serviços que lançaremos, como por exemplo o Pick Up (serviço de retirada de encomendas nas lojas), levaremos a JadLog a um patamar ainda mais elevado de mercado”, afirma Tortorello.

Em meados de 2005, quando a VaspEX saia de cena, José Afonso Davo apostou no mercado de cargas expressas fracionadas e criou a JadLog, para preencher a lacuna deixada pela companhia aérea paulista. Com muito trabalho, dedicação e carisma, ele conseguiu transformar a empresa em uma das principais transportadas privadas de encomendas do país, com mais de 500 franquias.

No início de 2017, José Afonso Davo, ao lado dos sócios, decidiu se associar à GeoPost, vendendo 60% do capital da transportadora. Com essa mudança, Davo preparou sua sucessão aproveitando o atual momento de renovação da marca e de novos planos de investimento e expansão.

A GeoPost é uma holding controlada pelo Grupo La Poste (Correios franceses), e opera através da marca internacional DPDgroup, que conta com 60.000 colaboradores, uma rede de 28.000 pontos de recepção, entregando 4 milhões de encomendas diariamente em 230 países, através das marcas DPD, Chronopost, SEUR e Jadlog.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta