Boeing avança rumo às aeronaves elétricas e autônomas

boeing adquire aurora

A Boeing adquiriu a Aurora Flight Sciences, uma empresa voltada para o desenvolvimento de aeronaves elétricas autônomas.

A Aurora, com sede na Virgínia, EUA, concentra-se na construção de aeronaves de propulsão elétricas autônomas e seu trabalho na área atraiu o interesse de alguns nomes muito importantes. Em 2016, a DARPA (Agência americana de projetos avançados em pesquisa de defesa) fechou um contrato para desenvolver o VTOL X-Plane elétrico e no início do ano, a Uber também assinou um contrato com a Aurora para trabalhar no Uber Elevate Network, um esquema arrojado que pretende adicionar táxis voadores VTOL para o seu serviço de transporte on demand.

A aquisição permite reunir a experiência de um fabricante autônomo de aeronaves elétricas e a musculatura financeira da Boeing.

As empresas já trabalharam juntas em protótipos para aplicações comerciais e militares, mas agora a Boeing está trazendo os serviços da Aurora literalmente para casa. Espera-se que a aquisição acelere o seu desenvolvimento de máquinas voadoras elétricas autônomas. “A força e a inovação combinadas de nossas equipes promoverão o desenvolvimento da autonomia para nossos sistemas comerciais e militares”, disse Greg Hyslop, diretor de tecnologia e vice-presidente sênior da Boeing Engineering, Test e Technology. “Juntos, essas equipes talentosas vão abrir novos mercados com tecnologias de transformação”.

O desenvolvimento de veículos voadores continua a todo vapor, especialmente agora que a própria Boeing patrocina um concurso no valor de US $ 2 milhões para a entrega da próxima geração de máquinas voadoras.

A Airbus, outra gigante da aviação, também está trabalhando nos táxis VTOL, que podem estar voando já no próximo ano.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta