BMW revela plano de fabricar Mini elétrico na China

mini cooper elétrico

O Grupo BMW assinou uma carta de intenção para iniciar uma joint venture com a chinesa Great Wall para produzir Minis elétricos no país.

Atualmente, a fábrica do Mini em Oxford, Inglaterra, está se preparando para produzir um Mini elétrico em 2019. A montadora alemã disse que a produção segue o mercado e vê imensa oportunidade para todos os Minis elétricos na China. O país era o quarto maior mercado da Mini em 2017, com 35 mil unidades entregues. A China também é o maior mercado de veículos eletrificados, ou “veículos de nova energia”, como o governo chinês se refere a eles.

Com a carta de intenção, a Mini e a BMW agora discutirão mais detalhes com a Great Wall para solidificar uma instalação de produção e calcular os valores finais de investimento para a potencial joint venture.

Além da joint venture da Great Wall, a BMW também planeja expandir sua parceria com a fabricante de automóveis Brilliance na China. A montadora disse que a BMW-Brilliance Alliance (BBA) dará um exemplo para a joint venture da Mini-Great Wall. O BBA entregou 560 mil BMWs em 2017, tornando o país o maior mercado de marca de luxo.

O grupo BMW teve o cuidado de dizer que a parceria chinesa da marca BMW e joint venture não levaram a uma diminuição da produção na Alemanha. A empresa observou que uma estratégia de crescimento similar para a Mini poderia acelerar o crescimento da marca sem prejudicar o compromisso da empresa com a Inglaterra. Na verdade, de acordo com a montadora, a produção da BMW realmente aumentou em suas instalações alemãs, enquanto ela expande a produção para outros países.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta