Benetton entra na briga pela aquisição da Ducati

benetton

A família italiana Benetton entrou na disputa pela aquisição da marca italiana de motocicletas Ducati, que está sendo vendida pela Audi, empresa do grupo Volkswagen, informou a Reuter.

No começo do sábado, dois jornais italianos disseram que, além da Edizione Hoding, braço de investimentos da família Benetton, a empresa automotiva norte-americana Polaris Industries e fundos de private equity, como o anterior proprietário da Ducati  Investindustrial, o PAI da França e a Bain Capital também estão na lista de interessados pela marca.

Se, anos atrás, muitos se espantaram com a decisão da Audi em comprar a Ducati por cerca de 860 milhões de euros, agora, com o Grupo VW revisando vários ativos para fazer face ao desgaste financeiro do escândalo do chamado “Dieselgate” que ainda está longe de seu fim e que a deixou diante de bilhões de dólares em multas e assentamentos, a intenção da Audi em vender a marca italiana faz todo o sentido já que a Ducati passa por uma fase de grande sucesso e sua valorização a deixou perto 1,5 mil milhões de euros.

Valor importante nesta altura para o Grupo VW, constando que até já teria encontrado dois potenciais interessados no negócio. E mesmo que a venda não seja bem-sucedida, o grupo poderia avançar para colocar a Ducati em bolsa, dispersando o seu capital mas recebendo elevado volume de fundos em contrapartida. Esse é o lado financeiro do negócio.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta