Aquecimento da indústria automotiva impulsiona resultado da JSL

recuperação da indústria automotiva

A recuperação da indústria automotiva – que em janeiro comercializou perto de 181,3 mil novos veículos, um crescimento de 23,1% sobre o mesmo mês do ano passado, e que encerrou 2017 em alta de 9,2%, com 2,24 milhões de veículos licenciados – vem refletindo positivamente nos negócios da JSL.

Na última divulgação de resultados da empresa, do terceiro trimestre de 2017, a fatia do setor automotivo na composição da receita bruta da companhia foi de 13% nos últimos 12 meses, acima dos 11% registrados no resultado consolidado de 2016. A receita bruta de serviços foi de R$ 1,3 bilhão, um crescimento de 3,5% em comparação com o mesmo período de 2016.

“A retração anterior do mercado nos deu a oportunidade de incorporar ainda mais eficiência em nossos processos. Seja com novas formas de atendimento, flexibilidade e agilidade nas implantações de soluções aos nossos clientes. Diante disso, estamos preparados para esta retomada do mercado, que deve ser ainda maior em 2018”, afirma Deives Ricardo Privatti, gerente de operações da JSL.

O crescimento do mercado leva ao aumento da demanda por processos logísticos ágeis, inovadores e que atendam de forma assertiva aos objetivos de negócios e, principalmente, que ofereçam custos viáveis.

Segundo a JSL, uma das principais preocupações da empresa é atender às particularidades dos negócios e às consequentes demandas específicas de seus clientes. A empresa, com mais de 60 anos de atuação, vem construindo um portfólio completo de soluções logísticas, com condições de oferecê-las de forma integrada e customizada para cada cliente, de qualquer setor da economia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta